in

Pete Davidson critica discurso de Kanye West na TV: “Ser mentalmente doente não é uma desculpa para agir como um idiota”



Na semana passada, o Kanye West foi o convidado musical do “Satuday Night Live”. Ele aproveitou a ocasião para fazer um discurso a favor do Donald Trump e foi vaiado. O reflexo disso veio à tona no programa exibido ontem à noite (06). Pete Davidson resolveu comentar a atitude do rapper. Dentre as declarações, Davidson disse que West precisa voltar a tomar seus remédios.

Kanye West cantando no ‘SNL’. (Reprodução/SNL)

No quadro “Weekend Update”, o comediante criticou as declarações políticas do rapper. “O que o Kanye disse depois que saímos do ar na semana passada, foi uma das piores e mais estranhas coisas que eu vi aqui, e eu vi o Chevy Chase falar com um estagiário. Você sabe o quão errado a política tem que ser para eu notar?, disse Pete.

“Ele começou dizendo que as pessoas nos bastidores estavam o ameaçando [pois ele usava um boné escrito ‘Make America Great Again’]. Ele usou a semana toda [durante os ensaios]. Eu queria mesmo ter feito bullying com ele. [o boné] Poderia perturbar algumas pessoas – como sua esposa ou todas as pessoas negras”, continou.

Ele também comentou sobre Kanye dizer que estava sem sua medicação na ocasião. Davidson fez uma bricadeira sobre como medicamentos para problemas de saúde mental poderiam ter evitado essa situação.

“Não há vergonha em usar medicamentos. Eu estou usando, é ótimo. Ser mentalmente doente não é uma desculpa para agir como um idiota”, declarou o comediante. Pete ainda colocou um boné escrito ‘Make Kanye 2006 Again’, algo do tipo “faça o Kanye de 2006 voltar”.

Confira abaixo o quadro completo de Davidson:

(Vimos em Hugo Gloss)

Ex-BBB assumiu fios naturais para desafiar namorado que não gostava de cacheado

Taylor Swift se posiciona politicamente e causa controvérsia